(:

Bem Vindos,

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Eu acordei e percebi o quanto eu estava errada sobre tudo que eu julgava,sobre meus atos,sobre meus pensamentos,sobre cada escolha que eu havia feito, meus olhos não quiseram mais abrir, meu coração se fechou com medo de errar mais,minha boca jurou nunca mais pronunciar nada, e meus ouvidos não queriam ouvir simplesmente mas nada desse mundo.
E por horas eu não me encontrava em torno de tantos erros, eu parei de ver,de sentir,de ouvir,mas eu não podia controlar meus pensamentos, e em meus pensamentos eu me lembrava de você, tão firme e tão forte junto a mim,em torno de tantos erros, você nunca me abandonou, sempre esteve comigo mesmo nas minhas horas de pura ingratidão,e mesmo não estando comigo agora eu podia lembrar do quanto você era capaz de me fazer sorrir,do quanto eu me sentia melhor ao seu lado, o quanto você amenizava meus erros transformando os em coisas que eu precisava e era capaz de superar,você me fazia sorrir diante até de mim mesma, você me fazia sentir alguém melhor, alguém que podia mudar e concertar tudo que achasse errado,todos temos uma segunda chance,e ai eu recomeçava e você estaria junto a mim independente de como,quando ou onde eu quisesse me reconstruir, você se preparava pra me ouvir em mais uma das minhas quedas,se preparava pra me dizer tudo que eu precisava ouvir, se preparava pra me mostrar novamente tudo que eu deixava de ver.
Assim,eu me lembrava de você, e meu sorriso se abria, meus olhos imediatamente se abriram,meus ouvidos precisavam ouvir o mundo,e meu coração se abria pra uma nova chance de felicidade,minha boca pronunciava as palavras que eu aprendi com você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário